sexta-feira, 28 de abril de 2017

Prefeito de sorte!

Reprodução/Facebook

O prefeito de São Pedro da Cipa (MT), Alexandre Russi (PR), foi um dos 20 vencedores do bolão da Mega-Sena, sorteado nessa quarta-feira (26), que vão dividir os R$ 101 milhões. Cada um dos sortudos vai levar pouco mais de R$ 5 milhões. Russi disse que não costumava jogar na loteria e só fez a aposta porque a lotérica entrou em contato com ele oferecendo o bolão. Leia mais

 

 

Relator da reforma é investigado

O relator da reforma trabalhista na Câmara, o deputado federal Rogério Marinho (PSDB-RN), é investigado no STF pelo envolvimento com uma empresa terceirizada acusada de ameaçar funcionários demitidos a renunciar às verbas rescisórias e a devolver a multa do FGTS. A empresa Perservice Recursos Humanos teria se apropriado ilegalmente de R$ 338 mil devidos a mais de 150 trabalhadores. Leia mais

 

Trump rejeitado

Carolyn Kaster/NYT

Uma pesquisa mostrou novamente a insatisfação dos norte-americanos com a gestão de Donald Trump. Dados da CNN apontam que 54% da população dos EUA reprovam o trabalho de Trump, que não completou 100 dias no cargo de presidente. O principal motivo de rejeição é com relação ao trabalho do republicano na área da saúde. Leia mais

Operação da PF mira pessoas ligadas a Renan Calheiros

Ação é derivada da delação premiada do ex-diretor da Transpetro Sergio Machado

Operação da PF mira pessoas ligadas a Renan Calheiros  | Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom / Agência Brasil / CP

Operação da PF mira pessoas ligadas a Renan Calheiros | Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom / Agência Brasil / CP

 

A Polícia Federal (PF) deflagrou na manhã desta sexta-feira a operação Satélites 2, que a exemplo da Satélites 1, mira pessoas ligadas a políticos que estão sob investigação da Lava Jato. Segundo informações da Folha de São Paulo, a ofensiva de hoje tem como alvos investigados que têm relação com o senador Renan Calheiros (PMDB-AL). 

Os mandados de busca e apreensão foram autorizados pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) e relator da Lava Jato, Edson Fachin. O jornal relata que a ação é derivada de uma delação premiada do ex-diretor da Transpetro Sergio Machado, um dos colaboradores da Lava Jato, e de mais dois empresários. 

Conforme a Folha de São Paulo, um dos investigados é o advogado Bruno Mendes. Endereços ligados a ele são alvos de busca e apreensão da PF. Mendes já foi assessor parlamentar de Calheiros no Senado. O advogado foi citado em delações do dono da UTC, Ricardo Pessoa, que o apontou como o homem responsável operacionalizar o recebimento de propina ligada à Usina Angra 3. 

 

Correio do Povo

Deficit federal bate recorde

iStock

As contas do governo federal tiveram um deficit primário de R$ 11 bilhões em março, maior rombo para o mês em 21 anos e um crescimento real (descontada a inflação) de 34% na comparação com o resultado negativo de 2016. No primeiro trimestre, o rombo foi de R$ 18,29 bilhões, uma queda de 2,9% em relação aos três primeiros meses do ano passado. Leia mais

 

 

Mercado financeiro

A Bovespa fechou a quinta-feira em queda de 0,29%, com 64.676,55 pontos. É a segunda baixa seguida da Bolsa, que havia caído 0,44% na véspera. Já o dólar fechou em alta de 0,28%, cotado em R$ 3,182. Essa foi a terceira alta seguida da moeda norte-americana. Leia mais

 

Recuo em denúncia

AgNews

Após acusar José Mayer de tê-la assediado sexualmente nos bastidores da novela A Lei do Amor, a figurinista Susllem Meneguzzi Tonani decidiu não seguir em frente com o inquérito que apurava a conduta do ator. Na quarta-feira (26), ela esteve na Defensoria Pública do Estado do Rio de Janeiro e pediu para que as investigações não continuassem, com isso o caso será encerrado. Leia mais

 

 

Caetano em livro

Rafael Cusato/Brazil News

Presa há mais de dez anos em uma gaveta, Caetano - Uma Biografia: A Vida de Caetano Veloso, o Mais Doce Bárbaro dos Trópicos, de autoria de Carlos Eduardo Drummond e Marcio Nolasco finalmente será lançada. Prevista para ser publicada em 2005, a obra foi colocada de lado por não contar com muita simpatia do biografado. Depois da decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), que liberou biografias não autorizadas, a editora Objetiva decidiu proseguir com o projeto que fala da infância, dos amores e mais momentos marcantes da vida de Caetano. Leia mais

Vacaria e Bom Jesus registram temperatura de -2,4ºC no Rio Grande do Sul

Frio se intensificou nesta sexta e outras duas cidades apresentaram marcas semelhantes

Frio se intensificou no Rio Grande do Sul com a chegada das temperaturas negativas | Foto: Alina Souza / CP Memória

Frio se intensificou no Rio Grande do Sul com a chegada das temperaturas negativas | Foto: Alina Souza / CP Memória

 

O outono começa a ganhar cara de inverno no Rio Grande do Sul. Nesta sexta-feira, o Estado registrou as primeiras temperaturas negativas de 2017. As cidades de Vacaria e Bom Jesus registraram -2,4ºC, segundo informações da MetSul Meteorologia.

Em Soledade, os termômetros marcaram -1,2ºC, enquanto em São Francisco de Paula a temperatura chegou a -0,1ºC. Na região Noroeste do Rio Grande do Sul fez 0ºC. Na região Central, Fronteira Oeste e Campanha, as temperaturas ficaram na casa dos 3ºC. Em Porto Alegre e na região Metropolitana, as marcas chegaram a 7ºC. 

Apesar do frio, a sexta-feira será de tempo firme no Rio Grande do Sul em função da massa de ar seco de origem polar que inibe a formação de nuvens. Durante o dia, a temperatura sobe aos poucos, fica amena, mas com o cair da tarde, o frio retorna com a chegada da noite. 

No final de semana, a situação do Estado não muda. O tempo, com ar seco, permanece firme, com a predominância do sol na maioria das regiões. As mínimas podem atingir marcas negativas neste sábado na Serra e no Planalto. O feriado terá tempo bom, com temperaturas mais altas que as que foram registradas hoje. 

 

 

Correio do Povo

 

Multa determinada para sindicatos

Janaina Garcia/UOL

O Tribunal de Justiça de São Paulo determinou multa de R$ 937 mil para cada um dos sindicatos do sistema de transporte público de São Paulo que participarem da greve geral programada para sexta-feira (28). Se for aplicada a todos que confirmaram participação, o valor a ser pago somaria R$ 3,7 milhões. Leia mais

 

Paralisações contra as reformas

Paulo Lopes/Estadão Conteúdo

Os motoristas e cobradores de ônibus de São Paulo devem parar o serviço de transporte às 0h. O rodízio de carros estará suspenso o dia inteiro assim como a Zona Azul por conta da greve geral na capital paulista. Sérgio Avelleda, secretário de transporte de São Paulo, disse em entrevista para a população utilizar viagem compartilhada, bicicleta ou se deslocar a pé. Leia mais

Posso aderir à greve?

As centrais sindicais estão organizando uma greve geral contra as reformas da Previdência e trabalhista para esta sexta-feira (28). Quem quer participar do movimento pode ter o dia descontado pelo patrão? Segundo advogados especialistas em direto do trabalho, os empregadores podem fazer o desconto. A paralisação só pode ser feita quando se esgotam as negociações. Sem acordo, depois de assembleia, o sindicato notifica as empresas da decisão com 48 horas de antecedência. Uma greve geral, não se enquadra nesse processo. Leia mais

Bruno de volta à cadeia

Reprodução/ESPN

O goleiro Bruno voltou a ser detido hoje depois da decisão do STF (Supremo Tribunal Federal), que ordenou o retorno dele à prisão. O atleta do Boa Esporte, de Minas Gerais, recebeu nesta quinta-feira (27) a notificação a respeito do caso. Bruno foi condenado em primeira instância a 22 anos de prisão pelo homicídio de Eliza Samudio e estava preso desde 2010. Leia mais

Briga em estádio

REUTERS/Andres Stapff

A briga entre as torcidas de Peñarol e Palmeiras na última quarta-feira (27), no Estádio Campeón del Siglo, no Uruguai, terminou com 29 pessoas presas e 18 policiais feridos. Segundo o site El Pais, 15 uruguaios acabaram detidos antes do confronto por tentar invadir uma das tribunas do estádio e outros dois por ameaçarem seguranças. Um palmeirense também foi preso. Leia mais

Confiança da Indústria sobe e atinge em abril maior nível desde maio de 2014

EBC

Sondagem da Indústria de Transformação revela que a alta de confiança do setor atingiu 11 de 19 segmentos pesquisados          Agência Brasil

O Índice de Confiança da Indústria (ICI) avançou 0,5 ponto em abril, indo para 91,2 pontos e mantendo o nível desde os 92,2 pontos de maio de 2014. Os dados relativos à Sondagem da Indústria de Transformação foram divulgados hoje (28), no Rio de Janeiro, pelo Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getulio Vargas (Ibre/FGV).

A publicação indica que a alta de confiança do setor atingiu 11 de 19 segmentos industriais pesquisados, “como resultado da combinação da melhora das expectativas com suave piora nas percepções sobre a situação atual”.

Com isso, o Índice de Expectativas (IE) avançou 1,3 ponto para 94,4 pontos, o maior nível desde os 96,9 pontos de abril de 2014; enquanto o Índice da Situação Atual (ISA) caiu apenas 0,2, atingindo 88,3.

Na nota em que informa a comportamento da indústria de transformação, a FGV faz uma avaliação da situação do setor feita pelo superintendente de Estatísticas Públicas da FGV. Nela, Aloisio Campelo afirma que o resultado positivo de abril retrata “um setor ainda insatisfeito com a situação presente dos negócios, mas bem menos pessimista quanto ao futuro do que esteve no ano passado”.

Para ele, “enquanto o nível de produção avança lentamente e a percepção sobre a demanda volta a piorar, a boa notícia é a consolidação do avanço do otimismo com relação ao ambiente de negócios no horizonte de seis meses”.

Melhora das expectativas

O economista da FGV avalia, ainda, que a melhora das expectativas com a evolução do ambiente de negócios foi fundamental para a alta do Índice de Expectativa no mês, com o indicador subindo 3,3 pontos, somando 97,2 pontos, o maior nível desde os 98,3 pontos de abril de 2014.

“Houve aumento da proporção de empresas prevendo melhora da situação dos negócios nos seis meses seguintes, de 30,7% para 39,7%, e queda das que preveem piora, de 11% para 10,4% do total”, disse o economista.

A FGV constatou, ainda, que as avaliações do setor sobre a demanda exerceram a maior contribuição sobre o Índice da Situação Atual em abril. Influenciado pela piora no mercado interno, o indicador de nível de demanda caiu 1 ponto entre março e abril, indo para 82,9 pontos, retornando ao nível registrado em fevereiro deste ano.

Paralelamente, houve aumento da parcela de empresas que avaliam o nível de demanda como forte, passando de 6,2% para 8,3%. No entanto, houve aumento, de maior magnitude, da parcela dos que consideram fraco este nível de demanda, de 36,9% para 45,7%.

Ainda assim, o Nível de Utilização da Capacidade Instalada subiu 0,3 ponto percentual em abril, para 74,7%. Segundo informações da FGV, a edição da Sondagem da Indústria de Transformação de abril coletou informações de 1.070 empresas entre os dias 3 e 25 deste mês.

 

Agência Brasil

 

Greve geralTrabalhadores de várias categorias param hoje em todo o país

ManifestaçõesCentrais convocam greve com críticas às reformas da Previdência e trabalhista

 

1

2

3

PolíticaMaia diz que vai trabalhar "com paciência" para aprovar reforma da Previdência

Greve geralAeroporto de Brasília tem vias de acesso liberadas; terminal opera normalmente

InternacionalPapa chega ao Egito para defender reconciliação entre religiões

Justiça Eleitoral

Admar Gonzaga toma posse no TSE e deve julgar chapa Dilma-Temer

Ministério Público

Janot pede que STF decrete intervenção federal no Tribunal de Contas do Rio

Rio Xingu

Ibama multa concessionária de Belo Monte em mais de R$ 7,5 milhões

MobilizaçãoCom frota reduzida, ônibus funcionam no Rio; metrô e trens operam normalmente

Texto vai para o Senado

Empresários aprovam reforma trabalhista; para centrais, proposta ameaça direitos

Varginha (MG)

Goleiro Bruno se apresenta espontaneamente à polícia e volta para a prisão

CMNBancos terão que oferecer canais para denúncia de práticas ilícitas

InternacionalOperação contra terror no Reino Unido tem 6 presos e uma mulher ferida

Indústria vê "luz no fim do túnel" para o crédito

Esboço de reação é o que o Instituto de Estudos para o Desenvolvimento Industrial viu nos dados de concessão de crédito divulgados pelo Banco Central. No geral, caiu, mas em ritmo menor. Foi -0,6% no primeiro trimestre frente a quedas entre 10 e 14% registradas no ano passado.

Só que o recuo foi no crédito para as empresas. Já para as famílias, a concessão de crédito teve aumento real de 7%, o que é o destaque para o IEDI. Foi impulsionado principalmente pelo crédito consignado, cartão de crédito, financiamento da aquisição de veículos e de imóveis.

“Com isso, as concessões cujos termos são livremente pactuados entre as partes (crédito com recursos livre) avançaram 7,0% e aquelas do crédito direcionado, 6,2% frente a igual trimestre de 2016.”

Um dos motivos foi a queda na inadimplência. Mas a entidade acredita que o resultado seria melhor – e o crédito seria mais saudável – se, efetivamente, os spreads e os juros cobrados pelos financiadores não tivessem subido.

Mas o IEDI começa a ver o que chama de “luz no fim do túnel” para o crédito.

“O processo de melhora ainda é muito parcial e já poderia estar em estágio mais avançado se o comportamento dos financiadores e as decisões de política econômica atuassem mais em prol a uma retomada do crédito, com desdobramentos positivos sobre o nível geral de atividade econômica.”

 

Acerto de Contas

 

Lado Natureba testou: Supermercado vende pela internet e entrega em casa

 

18011034_1961728527440002_2220115471955820351_n

Depois de tanto noticiar lá no blog de economia Acerto de Conta$, o Lado Natureba – sem se identificar – testou o serviço de compra pela internet e entrega em casa do supermercado Magodrive.

Supermercado de Porto Alegre lança aplicativo para consumidor comprar e receber em casa ou pegar no drive thru

Porto Alegre ganha um supermercado drive thru

Supermercado estuda expandir tele-entrega para Zona Sul de Porto Alegre

Aproveitando que a semana estava corrida e era dia de frete grátis, compramos a feira da semana pelo Magodrive. O serviço foi criado no ano passado pelo Supermago, rede de supermercados de Porto Alegre. O serviço de venda pela internet, drive thru e entrega em casa, inclusive, ganhou o destaque de inovação mercadológica no Ranking da Associação Gaúcha de Supermercados neste ano.

Encontramos preços razoáveis em frutas e vegetais, que é o que mais consumimos. Só que pesa o fator economia de tempo e de deslocamento, o que torna a compra pela internet bem atrativa. Mesmo que alguns produtos acabem saindo um pouco mais caro.

Os preços valem a pena? Depende do perfil de consumo de cada. Tem que pesquisar e dar uma olhada.

Compramos pelo site pela manhã e agendamos a entrega para o início da noite. Tudo chegou bem escolhido e embalado, o que é essencial no caso de frutas e vegetais. Equipe cuidadosa e simpática.

Logo ao entrar no site, é preciso colocar o CEP para conferir se há entrega no seu bairro. A empresa espera incluir a Zona Sul de Porto Alegre no roteiro ainda em 2017.

18156868_1961728510773337_9148154223053254892_n18119234_1961728514106670_3920342114536880611_n

 

Lado Natureba

 

 

Usaflex ampliará sede, linha de produção e centro de distribuição em Igrejinha

Foto: Divulgação Usaflex.

Foto: Divulgação Usaflex.

A Usaflex não para. Semanas depois de anunciar a construção de uma nova fábrica em Parobé, a fabricante de calçados informou que fará mais investimentos para Igrejinha. É na cidade onde fica a sede da empresa, que está com um plano agressivo de investimento na parte industrial e também no varejo, por meio de franquias.

Blog Acerto de Conta$ – Como dimensionar essa ampliação da matriz?

Usaflex – É prevista a contratação de cerca de 100 profissionais, em Igrejinha, no prazo de um ano e meio para a construção da ampliação do centro administrativo, que deverá consumir investimento de até R$ 1,5 milhão. As plantas e desenhos para esta unidade estão começando a ser elaborados.

Blog – Os 300 colaboradores que foram contratados anteriormente foram para o turno da noite? Haverá mais contratações?

Usaflex – Fora 324 novos postos de trabalho nas unidades igrejinhenses desde janeiro. Há previsão de, além dos cem citados anteriormente, um número não estimado seja contratado já que colaboradores poderão ser transferidos de Igrejinha para Parobé. (Tem ônibus que atualmente sai de Parobé com trabalhadores e vai diariamente até Igrejinha).

Blog – A ampliação de Igrejinha será na sede administrativa ou na linha de produção?

Usaflex – Em ambos. É prevista a ampliação do centro administrativo, bem como a abertura de mais um trilho e a ampliação do Centro de distribuição (CD) concentrado em Igrejinha.

===

Marca de calçados de Igrejinha abrirá mais de 300 franquias

===

A Usaflex tem sete unidades industriais nos Vales dos Sinos e Paranhana. Tem 3,3 mil colaboradores. Produz diariamente 25 mil pares de calçados e sua distribuição ocorre em 7,7 mil lojas multimarcas, 111 lojas fidelizadas e 32 franquias. Além disso, a empresa exporta seus produtos para os Estados Unidos, Oriente Médio e países das Américas Central e do Sul.

===

Leia mais sobre a Usaflex:

Usaflex vai investir R$ 6,3 milhões em Parobé

Usaflex escolhe Parobé para construir nova fábrica

Usaflex vai construir duas novas fábricas de calçados no RS com dois mil empregos

 

Acerto de Contas

A greve da esquerda pelo fim da mortadela

 

Publicado em 27 de abr de 2017

Os colunistas Augusto Nunes e Felipe Moura Brasil comentam, em conversa com o editor Silvio Navarro, a greve geral convocada pelas centrais sindicais contra as reformas Trabalhista e da Previdência, o avanço no Senado do fim do foro privilegiado e as barbaridades do senador Roberto Requião (PMDB-PR).

 

Bola parada de Grêmio X Guarani-PAR

 

 

 

Prazo acabando: 350 mil gaúchos ainda não enviaram o Imposto de Renda

 

Foto: CC0 Public Domain.

Foto: CC0 Public Domain.

O prazo para envio do Imposto de Renda termina nesta sexta-feira (28), à noite. O sistema interromperá o recebimento dos documentos às 23h59min59s, horário de Brasília, já avisou a Receita Federal quando publicou as regras de 2017 no Diário Oficial da União.

Às 10h30 desta quinta-feira, 1.634.152 declarações tinham sido enviadas no Rio Grande do Sul. Faltam ainda 350 mil, segundo estima a Receita Federal.

A liberação dos lotes de restituição começa em junho. Vai até dezembro.

Confira: 12 dicas para pagar menos Imposto de Renda (sem infringir a lei)

E mais:

Diretor-executivo da Confirp Consultoria Contábil, Richard Domingos elencou informações importantes para organizar o Imposto de Renda:

Principais novidades para a DIRPF 2017

1. Para relacionar dependentes ou alimentando acima de 12 anos completados até 31/12/2016, esses deverão possuir CPF.
2. Não há necessidade de baixar programa ReceitaNet para entregar a DIRPF.
3. O sistema usará nome ou razão social informado para CPF ou CNPJ automaticamente após o primeiro preenchimento, mas não validará a informação.
4. A Ficha de Rendimentos Isentos e Não Tributáveis foi remodelada para o contribuinte relacionar apenas os rendimentos obtidos, mudando a sistemática dos anos anteriores que aparecia todos os tipos de rendimento na tela e o contribuinte informava o rendimento na linha correspondente.
5. A Ficha de Rendimentos Tributados Exclusivamente na Fonte fora remodelada para o contribuinte relacionar apenas os rendimentos obtidos, mudando a sistemática dos anos anteriores que aparecia todos os tipos de rendimento na tela e o contribuinte informava o rendimento na linha correspondente.

Quem é obrigado a entregar

1. Quem recebeu rendimentos tributáveis, sujeitos ao ajuste na declaração, cuja soma foi superior a R$ 28.559,70.
2. Quem recebeu rendimentos isentos, não tributáveis ou tributados exclusivamente na fonte, cuja soma foi superior a R$ 40.000.
3. Quem obteve, em qualquer mês, ganho de capital na alienação de bens ou direitos, sujeito à incidência do imposto, ou realizou operações em bolsa de valores, de mercadorias, de futuros e assemelhadas.
4. Quem possui atividade rural e obteve receita bruta em valor superior a R$ 142.798,50.
5. pretenda compensar, no ano-calendário de 2016 ou posteriores, prejuízos de anos-calendário anteriores ou do próprio ano-calendário de 2016.
6. Quem teve, em 31 de dezembro, a posse ou a propriedade de bens e direitos, inclusive terra nua, de valor total superior a R$ 300.000.
7. Quem passou à condição de residente no Brasil em qualquer mês e nesta condição se encontrava em 31 de dezembro.
8. Quem optou pela isenção do impostos sobre a renda incidente sobre o ganho de capital auferido na venda de imóveis residenciais, cujo produto da venda seja aplicado na aquisição de imóveis residenciais localizados no País, no prazo de 180 (cento e oitenta) dias contados da celebração do contrato de venda, nos termos do art. 39 da Lei nº 11.196, de 21 de novembro de 2005.

Desconto simplificado

Poderá optar pelo desconto simplificado de 20% do valor dos rendimentos tributáveis na Declaração de Ajuste Anual, limitado a R$ 16.754,34 em substituição de todas as deduções admitidas na legislação tributária.

Penalidade pela não entrega

1. Multa de 1% ao mês de atraso, calculado sobre o valor do imposto devido na declaração, sendo essa multa limitada a 20%.
2. Multa mínima de R$ 165,74 (apenas para quem estava “obrigado a declarar”, mesmo sem imposto a pagar).

Como elaborar

1. Computador, mediante a utilização do Programa Gerador da Declaração (PGD) relativo ao Exercício de 2017, disponível no site da Receita Federal do Brasil (www.receita.fazenda.gov.br).
2. Computador, mediante acesso ao serviço “Declaração IRPF 2017 On-line”, disponível no Centro Virtual de Atendimento (e-CAC) no site da Receita Federal do Brasil (www.receita.fazenda.gov.br), com uso obrigatório de Certificado Digital (do contribuinte ou representante/procurador).
3. Dispositivos móveis, como tablets e smartphones, mediante a utilização do serviço “Fazer Declaração Declaração pré-preenchida que poderá ser baixada do site da Receita Federal do Brasil (www.receita.fazenda.gov.br), por meio de certificado digital (do contribuinte ou representante/procurador).
Despesas Dedutíveis

1. Contribuições para a Previdência Social da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios.
2. Despesas médicas ou de hospitalização os pagamentos efetuados a médicos de qualquer especialidade, dentistas, psicólogos, fisioterapeutas, terapeutas ocupacionais, fonoaudiólogos, hospitais, e as despesas provenientes de exames laboratoriais, serviços radiológicos, aparelhos ortopédicos e próteses ortopédicas e dentárias.
3. Previdência Privada [PGBL] cujo limite será de 12% do total dos rendimentos tributáveis no ano.
4. Importâncias pagas em dinheiro a título de Pensão Alimentícia em face das normas do Direito de Família, quando em cumprimento de decisão judicial ou acordo homologado judicialmente ou por escritura pública, inclusive a prestação de alimentos provisionais.
5. Despesas escrituradas em Livro Caixa, quando permitidas.
6. Valor anual por dependente: R$ 2.275,08.
7. Soma das parcelas isentas vigentes entre janeiro a dezembro de 2015 de R$ 1,903,98 no ano-calendário de 2016, relativas à Aposentadoria, Pensão, Transferência para a reserva remunerada ou reforma, pagas pela previdência oficial, ou privada, a partir do mês em que o contribuinte completar 65 anos, totalizando R$ 24.751,74.
8. Despesas pagas com instrução (educação) do contribuinte, de alimentandos em virtude de decisão judicial e de seus dependentes, até o limite anual individual de R$ 3.561,50.
9. Despesas com aparelhos ortopédicos e próteses ortopédicas pernas e braços mecânicos, cadeiras de rodas, andadores ortopédicos, palmilhas e calçados ortopédicos, e qualquer outro aparelho ortopédico destinado à correção de desvio de coluna ou defeitos dos membros ou das articulações.
10. Seguro saúde e planos de assistências médicas, odontológicas.

Quem pode ser dependente

1. Companheiro(a) com quem o contribuinte tenha filho ou viva há mais de 5 anos, ou cônjuge;
2. Filho(a) ou enteado(a), até 21 anos de idade, ou, em qualquer idade, quando incapacitado física ou mentalmente para o trabalho;
3. Filho(a) ou enteado(a), se ainda estiverem cursando estabelecimento de ensino superior ou escola técnica de segundo grau, até 24 anos de idade;
4. Irmão(â), neto(a) ou bisneto(a), sem arrimo dos pais, de quem o contribuinte detenha a guarda judicial, com idade até 21 anos, ou em qualquer idade, quando incapacitado física ou mentalmente para o trabalho;
5. Irmão(â), neto(a) ou bisneto(a), sem arrimo dos pais, de quem o contribuinte detenha a guarda judicial, com idade até 24 anos, se ainda estiver cursando estabelecimento de ensino superior ou escola técnica de segundo grau;
6. Pais, avós e bisavós que, em 2016, tenham recebido rendimentos, tributáveis ou não, até R$ 22.847,76;
7. Menor pobre até 21 anos que o contribuinte crie e eduque e de quem detenha a guarda judicial;
8. Pessoa absolutamente incapaz, da qual o contribuinte seja tutor ou curador.

E para fechar: Motivos que levaram à malha fina em 2016

Omissão de Rendimentos de Titular e Dependentes 53%
Dedução Indevida de Prev Privada, Social, Pensão Alimentícias 36%
Valores incompatíveis de Despesas Médicas 21%
Informações declaradas divergentes da fonte pagadora 38%

 

Acerto de Contas

 

Polícia Civil prende suspeito de matar policial no Uruguai e roubar carros em Porto Alegre

* Por Lucas Abati

Criminoso é investigado por diversos roubos e morte de policial uruguaio. Foto: Divulgação / Polícia Civil

Criminoso é investigado por diversos roubos e morte de policial uruguaio. Foto: Divulgação / Polícia Civil

Um homem suspeito de roubar diversos carros em Porto Alegre, participar de roubos a bancos e joalherias e, inclusive, matar um policial uruguaio foi preso pela Delegacia de Roubo de Veículos do DEIC, após uma perseguição no bairro Rubem Berta, em Porto Alegre, nesta quinta-feira (27).

Durante a perseguição, Fagner da Silveira Ulguin, 27 anos, conhecido como “Fofão” realizou um roubo de veículo para continuar fugindo dos policiais. No momento da prisão foram encontrados 500 gramas de pasta base de cocaína e uma pistola.

O criminoso era procurado pela delegacia há um ano e considerado foragido há três meses. Ele também era procurado pela polícia uruguaia, suspeito de matar um policial do país vizinho, durante um assalto a casa cambial, neste ano.

"Fofão" também era procurado no Uruguai, por morte de policial. Divulgação / Polícia do Uruguai

“Fofão” também era procurado no Uruguai, por morte de policial. Divulgação / Polícia do Uruguai

De acordo com os delegados Adriano Nonnenmacher e Marco Antonio Guns, os carros normalmente eram roubados para serem utilizados em outros crimes maiores, como assaltos a banco. Os policiais consideram essa uma das mais importantes prisões do ano, pois ele ainda é investigado em casos de tráfico de drogas, homicídios e formação de quadrilha.

Após registro na Delegacia, ele será encaminhado ao sistema prisional.

Caso de Polícia